Vila de Caraíva | A vila | Onde Ficar | Onde Comer | Atrações

Vila de Caraíva

O Brasil começou aqui!

500 anos.

Pois é, Caraíva, esse pequeno povoado situado ao sul da Bahia, foi um dos primeiros pontos avistados pela expedição que descobriu o Brasil naquele abril de 1500. Este recanto, com cara e a hospitalidade de uma vila de pescadores, é um dos últimos pontos turísticos preservado e devidamente resguardado contra a ação predatória do progresso.

Tente imaginar o seguinte cenário: um lugar onde não trafegam carros, separado do continente por um rio e onde o acesso é feito somente com pequenos barcos. Um lugar onde existe energia elétrica subterrânea para manter o charme do local. Um lugar onde as ruas não são de asfalto, ou de terra, mas, sim, de areia. Um lugar com lindas e intocadas praias disputando sua atenção, palmo-a-palmo, com a exuberância da Mata Atlântica. Um lugar onde a natureza reina absoluta. Conseguiu imaginar?

Caraíva é isso. Um local paradisíaco que preserva suas origens e raízes numa rara harmonia com o turismo consciente.

Dê asas a sua imaginação. Venha para Caraíva!

Vila de Caraiva - O povoado

Vila de Caraiva fica a 6 km da aldeia de Barra Velha, local onde foi avistado o primeiro ponto de terra no Brasil pela expedição portuguesa em 1500. Até o final da década de 40, sua economia era toda voltada à exploração de madeira. Na metade do século passado, descobriu o Turismo e, a partir daí, virou objeto do desejo de aventureiros do Brasil e do mundo.

Separado do continente pelo rio Caraíva, o acesso só é feito através de barco. Um lugar rústico e que vive em plena harmonia com a natureza, porém oferecendo ótimas condições para os turistas que desejam usufruir, com a devida consciência ecológica, desse paraíso. No passado, geradores de energia davam suporte à infra-estrutura necessária para essa pequena vila, e em 2007 a luz subterrânea chegou para ficar.

Existem diversas opções de entretenimento como passeios de barco, pontos para mergulho, pesca esportiva, caminhadas, cavalgadas, entre outras. Existem, ainda, boas opções de restaurantes e bares. Tudo muito simples, mas com muita qualidade.

Atenção: todo e qualquer estabelecimento comercial não aceita cheque nem cartão, por isso é bom visitar Caraíva com dinheiro vivo.

Fotos de Caraíva

O que tem para fazer em Caraiva ?

Aproveitar ao máximo a beleza da Mãe Natureza. Curtir a Night, Praia do Satu, Praia do Espelho, Curuípe, Ponta do Corumbáu... nadar todos os dias no Rio Caraiva, fazer um Tour de Jegue-Taxi, conhecer uma legíma Aldeia de índios Pataxó com direito a “Dança Toré” e peixe na telha. Que mais você quer ? Conheça Vila de Caraiva !

PRAIAS

Praia do Satu
Esta praia localiza-se 3,5 km ao norte de Caraíva. Satu é o nome do morador dessa praia, que adora contar histórias e acabou tornando-se uma atração local. As lagoas de água doce próximas a orla costumam atrair muitos turistas.

Espelho
Entre Caraíva e Curuípe está esse porto natural de recifes e corais. São 9 km de caminhada ao norte de Caraíva.

Curuípe
Uma das mais longas caminhadas de Caraíva, são 12 km. O esforço é compensado com uma praia selvagem, com muitas amendoeiras. Na praia existem dois bares que oferecem um ótimo peixe frito. Curuípe fica ao norte de Caraíva.

Barra Velha
Essa caminhada de 6 km leva até a Praia de Barra Velha, onde fica a aldeia dos Pataxós. Lá há a possibilidade de observar o artesanato em madeira feito pelos índios.

Ponta do Corumbau
Esse passeio é ideal para ser feito de barco. Passa pela vila dos pescadores, coqueiros e manguezais. Há ótimos pontos para mergulho, com águas cristalinas e a formação de corais do Arquipélago de Abrolhos.

Rio Caraíva
Nesse passeio de canoa ou barco, pelo principal rio da cidade, o turista tem a oportunidade de conhecer um pouco mais da vegetação que acompanha o rio, além de banhar-se em algumas praias.

GEOGRAFIA e HISTÓRIA

Clima
O sol brilha o ano inteiro em Caraíva. Entre junho e agosto a probabilidade de chuva é maior do que no resto dos meses.

Vegetação
A vegetação de Caraíva é formada, principalmente, pela Mata Atlântica, além de apresentar áreas formadas por campos, restingas e mangues. São comuns árvores como o Pau-brasil, o Jequitibá, o Araribá e o Visgueiro.

Relevo
A fisionomia de Caraíva é formada por praias, rios e mangues.

História e Cultura
Caraíva sempre teve como principal atividade econômica a exploração de madeira. Isso até 1948, quando a explosão de uma caldeira destruiu a Serraria. Atualmente o turismo é a principal renda da cidade. Estar em Caraíva é viver a natureza. Lindas praias intocadas, em contraste com o verde da Mata Atlântica. Um povoado que desafia o turismo predatório e surpreende com sua beleza quase primitiva.